sexta-feira, 18 de maio de 2018

Superman: Identidade Secreta

SUPERMAN: IDENTIDADE SECRETA - EDIÇÃO ILIMITADA
Digitalização, Tratamento e Capa : Outsider, The Z/HORDA Secrets
Páginas Duplas: Alan "The Drunken Master" Bishop/DOOM Scans

PARA BAIXAR, CLIQUE AQUI

Interessante como esta minissérie, que é uma das melhores que já li, não foi publicada em encadernado nem mesmo lá nos EUA. Pelo menos eu não achei nada dizendo o contrário, nas minhas pesquisas. E ela é de 2004. Então, resolvi que iria escanear e configurar as páginas como se fosse uma edição especial encadernada, com uma nova capa e tudo mais. Afinal alguém tem que comemorar os 80 anos do Homem de Aço por aqui. 

Mas, falando da história em si, podemos começar com uma pergunta: quem nunca sonhou em ter os poderes do Superman? Voar, usar a visão de raio-x - a maioria para propósitos nada humanitários -, ser invulnerável e tudo mais. Ou até mesmo já se questionou sobre como seria se existisse ou passasse a existir alguém assim. Bom, ao menos Kurt Busiek eu sei que fez esses questionamentos, tanto que os levou para o papel, com a ajuda de Stuart Immonen. 

Um pai e uma mãe, por terem o sobrenome Kent, quando nasce seu filho, têm a grande ideia de chamá-lo, claro, de Clark. E este cresce com este estigma. Sofre bullyinge é tratado pro todos como se fosse um grande fã do Homem de Aço, coisa que ele não é. Para ele, se tronou um fardo ter a identidade secreta do primeiro super-herói do mundo. 

Porém, eis que um dia, ele descobre algo totalmente insólito: ele consegue voar. E, sim, ele tem todos os outros poderes do Superman. Por algum motivo inexplicável, com a chegada da puberdade, nosso Clark Kent ganha os mesmos poderes de seu homônimo dos quadrinhos. Isso muda tudo. Tudo mesmo. 

Perguntas que não revelam o que acontece com ele, que faz aos seus pais, não revelam nada de estranho em seu nascimento. Então, o jeito é começar a se adaptar a sua nova vida e começar a fazer o que o Homem do Amanhã faria: salvar vidas. Clark decide que, já que seus poderes são realmente os mesmos do cara lá, nada mais natural que se vestir como ele. Mas, as coisas não são como nos quadrinhos. 

Clark começa a ser perseguido. Por mais que tente não ser visto, fotografado ou filmado, ele não consegue manter o segredo de que existe alguém com superpoderes. Primeiro é a imprensa, mas a coisa logo fica mais perigosa quando o governo passa a querer capturá-lo para estudá-lo. 

Kurt Busiek - de Marvels e Astro City - é quem parece entender melhor o que é ser um super-herói e, por isso, sabe mais ou menos como seria ser um super-herói no mundo real. Os motivos para Clark ter ganho os seus poderes não é explicado, provavelmente porque qualquer explicação acabaria por se tornar boba. Ele se concentra apenas em mostrar o que alguém faria ao se deparar com esta realidade. 

Stuart Immonen foi o cara perfeito para ilustrar esta HQ. Os traçoes suaves e aquele ar de "mundo real" que ele nos passa, faz com que nos sintamos na pele de Clark Kent. Toda sua vida é mostrada nesta 200 páginas de quadrinhos e como ela foi super!





Um comentário:

francisco paulo disse...

Você tem toda razão. Uma das melhores histórias do Superman, senão a melhor, que já li. E olha que já tinha resolvido abandonar essas HQs. de heróis miraculosos. Estou numa fase Bonelliana. Obrigado pela dica. Bração