segunda-feira, 19 de março de 2018

Coleção Marvel Salvat: Warlock 2

COLEÇÃO MARVEL SALVAT: WARLOCK - PARTE 2
Digitalização e Tratamento: Outsider Z/Somos uma HORDA

PARA BAIXAR, CLIQUE AQUI

"Apesar das inúmeras tragédias e dificuldades que acometem suas vidas, a maioria dos heróis ama seus poderes e as habilidades que possuem. Veja o Homem-Aranha, por exemplo: meso quando a sorte do bom e velho Peter Parker o joga na sarjeta, pode apostar que basta que ele se balance um pouco pelos prédios de Nova York, que logo trará um sorriso estampado no rosto. Como leitores, é sempre bacana ver os personagens curtindo usar seus poderes, em especial quando isso os permite abafar as duas desgraças. 

O que nos leva a Warlock e ao peculiar problema que ele tem com suas habilidades - sendo específico, aquelas que advém da gema vampira implantada em sua testa. Diferente dos outros heróis, Warlock passou a odiar seus poderes. Para ser sincero, arrancar a força vital de uma pessoa não é a mais agradávels das habilidades que existe, e é compreensível que ela promova uma enorme quantidade de culpa  sobre seus ombros. 

É uma grande reviravolta de Jim Starlin, e se adequeva perfeitamente ao público da época. Ver um personagem de moral tão conflitante sobre o modo como seus poderes funcionavam, e então obrigá-lo a usá-los em nome de um bem maior, era algo que reverberava junto aos leitores que viviam nos Estados Unidos pós-Watergate e pós-Vietnã. 

Tendo envolvido os leitores na luta de Warlock contra Magus e a Igreja da Verdade, Starlin acaba escrevendo apenas mais quatro edições da série antes de partir para trabalhar na animação de O Senhor dos Anéis, do diretor Ralph Bakshi. Contudo, deveria haver uma edição de número 16 de Warlock, mas, infelizemente, a arte do desenhista Alan Weis foi deixada no banco de trás de um táxi e nunca mais recuperada. Só o que restou dessa edição são algumas poucas fotocópias que o arte-finalista de Warlock, Steve Leialoha, tinha guardado. 

Porém, alguns meses depois, a Marvel contatou Starlin e pediu para que ele criasse  uma edição anual de Avengers e outra para Marvel Rwo-in-One. Vendo a oportunidade de criar uma conclusão  para sua saga de Warlock, ele concordou. Elaborando uma história em duas partes que correu por ambas as edições, o artista retratou o personagem se aliando aos maiores Heróis da Terra na tentativa de deter Thanos de uma vez por todas, encontrando a redenção ao longo do processo. 

Claro, isso não seria o fim para Warlock (e nem para Thanos). A partir de 1989, com Thanos Quest, Warlock, o Titã Louco e as várias jóias do poder retornariam, encabeçando diversas minisséries de sucesso. Na verdade, recentemente, a Marvel lançou uma nova narrativa de Thanos pelas mãos de Starlin, Revelação Infinita - e é seguro afirmar que não será a última. Embora já faça mais de quarenta anos que começou a trabalhar para a Casa das Ideias, Starlin continua ocupando a vaga do rei do cósmico nos quadrinhos."

PARA MAIS WARLOCK, BAIXE:


Abaixo, comparações entre formatinho e a edição da Salvat:




Nenhum comentário: