sexta-feira, 9 de março de 2018

CMS: Pantera Negra

COLEÇÃO MARVEL SALVAT: PANTERA NEGRA - A FÚRIA DO PANTERA
Digitalização e Tratamento: Outdider, the Z/HORDA Fucking Comics
Páginas Duplas: Alan Bishop/DOOM Scans

PARA BAIXAR, CLIQUE AQUI

"Estreando em Fantastic Four 52, de 1966, no início dos anos 70 o Pantera Negra já havia se tornado parte integral do Universo Marvel. Ele se aliara a gente como Capitão América e o Demolidor, enfrentara o Doutor Destino e até mesmo se juntara aos Vingadores. Contudo, foi só em 1973 que o rei T'Challa ganharia título próprio, nas páginas de Jungle Action. 

Aqui apresentamos as 12 primeiras aventura solo de T'Challa, mais conhecidas hoje em dia como A Fúria do Pantera. Escritas por Don McGregor, com arte de Rich Buckler e Billy Graham (mais uma edição por Gil Kane), é uma narrativa que transformou o Pantera Negra e expandiu a mitologia de Wakanda.

Tendo se retornado dos Estados Unidos, oPantera Negra encontra seu reino em caos, sob ataque do traiçoeiro Erik Killmonger. Mas esta não é uma típica luta de herói contra vilão. Seu período no ocidente ao lado dos Vingadores levou muitos wakandanos a acreditarem que o Pantera Negra tinha se esquecido de su povo, o que significa que T'Challa também tem que recuperar o respeito e a confiança de seu povo.

Sem dúvida A Fúria do Pantera é uma das histórias da Marvel mais bem escritas da época. Ela transcorre em um ritmo acelerado, sem o desperdício de uma única página. A arte e os diálogos estão à frente de seu tempo. Dez anos antes do Demolidor de Frank Miller, McGregor e os demais criaram uma história sombria e sinistra, diferente de tudo que já tinha sido visto na Marvel até então. 

Ela se chama A Fúria do Pantera por um motivo. O roteiro é como uma molda helicoidal - é possível sentir a tensão e a fúria crescendo em cada linha de diálogo e narração. A arte é similarente dinâmica, com múltiplos quadros de corte, incríveis páginas duplas e páginas de título que são uma obra de arte em si próprias. 

O trabalho dos personagens possui uma graça inigualável, e uma força que transforma cada luta quase numa apresentação de balé, o que elevou o título a algo bem superior aos quadrinhos de super-heróis da época.

Com sua trama bem amarrada e autocontida, alguns consideram A Fúria do Pantera como sendo a primeira graphic novel propriamente dita da Marvel. Mas há muito mais pelo que ela deve ser lembrada. Quase perfeita em execução e inequivocamente na vanguarda de seu tempo é uma história que deve ser exibida com orgulho na prateleira de qualquer fã de verdade dos quadrinhos."






Nenhum comentário: