quarta-feira, 28 de março de 2018

Batman: O Cavaleiro das Trevas - ED

BATMAN: O CAVALEIRO DAS TREVAS - EDIÇÃO DEFINITIVA
Digitalização e Tratamento: Outsider the Z/HORDA Comics
Páginas Duplas: Alan "The Wizard" Bishop/DOOM Scans

PARA BAIXAR, CLIQUE AQUI

Sempre que leio O Cavaleiro das Trevas de Frank Miller eu tenho aquela sensação de "caramba! Eu estava lá quando tudo aconteceu!", e me sinto parte da História das histórias em quadrinhos. Afinal, juntamente com Watchmen, foi a HQ da virada, que deixou claro de vez que quadrinhos não eram coisa apenas para crianças. 

Essa virada começou a acontecer com os quadrinhos da Marvel, que traziam histórias mais humanas e menos infantilizadas. O  próprio Batman era um personagem muito mais sombrio em seu início, mas o conservadorismo foi deixando-o mais aceitável a ponto de ficar meio idiota. Dennis O'Neil e Neal Adams trouxeram este Batman de volta, Frank Miller o oficializou. 

Os quadrinhos em geral sofreram uma mudança, iniciando a Era das Trevas. Nem sempre isso deu muito certo, como toda a década de 90 está aí para atestar, mas a mudança era necessária e Miller já vinha fazendo sua parte desde Demolidor. E estes quadrinhos eram lidos sim, por crianças, mas que se sentiam, com isso, mais adultas do que eram. 

Porém, um novo século chegou e, com ele, um Frank Miller desgastado e amargurado, talvez com os fãs, talvez com a indústria dos quadrinhos, quem sabe. O que se sabe é que ele recebeu uma quantia milionária para escrever e ilustrar uma continuação para seu sucesso icônico. 

Alguns leitores criam teorias para não se sentirem traídos pelo seu ídolo, dizendo que ele fez o que fez para se vingar de editores sedentos por fazer alguns níqueis em cima de uma continuação de algo que não precisava de continuação. Mas, talvez tudo seja bem mais simples. Talvez fosse apenas o príncipio do fim da carreira de um grande autor de quadrinhos que não soube quando parar. 

Mas, nada disso retira os méritos do que Frank Miller criou para nosso deleite em todos os anos que antecederam e precederam O Cavaleiro das Trevas. Ainda hoje me sinto aquele garoto de boca aberta, abismado com aqueles desenhos estranhos, mas incríveis, e com aquele Batman que nada tinha a ver com Adam West e seus rebolados. Obrigado, Mr. Miller. 





3 comentários:

Anônimo disse...

sim! esse batman é fantástico.
E suas continuações hurg!
Pra mim nunca existiram.
elcio

Anônimo disse...

Obrigado, Mr. Miller(2) e tbm ao site por disponibilizar esse material !!!!!

Alexandre disse...

O que dizer deste material? Simplesmente.... Fantástico!!!