domingo, 3 de setembro de 2017

Major Bummer

THE COMPLETE MAJOR BUMMER - SUPER SLACKTACULAR
Tradução e Letras das 372 pags: The Man Withouth a Name

PARA BAIXAR, CLIQUE AQUI

Os anos 90 - como todos, infelizmente sabem - foram os anos dos super-heróis com muitos músculos e pouco - ou nenhum - cérebro. Major Bummer também é um super-herói exatamente assim, porém, apenas o personagem é deste jeito, sua revista em quadrinhos é bem diferente dos quadrinhos feitos na época, pois é extremamente divertido, no sentido mais fiel da palavra. E, não trata o leitor como um idiota, apenas os personagens. 

Lou Martin é um perdedor que não se importa de ser assim. Não tem ambição alguma e não tem problemas com isso. É quando recebe um estranha encomenda que, ao abri-la, solta um estranho clarão que o desacorda. Quando volta a si, Lou é agora uma montanha de músculos e tem superforça. Lou é o primeiro super-herói do mundo real... ou não. 

Não demora muito e outras pessoas com superpoderes aparecem à sua porta, agora dizendo que ele é o indicado para liderá-los no que deveria ser um grupo de superseres que lutariam contra o Mal. Lou se recusa e prefere voltar para sua vida pacata, monótona e serena. Mas, claro, as coisas não serão tão simples assim. 

Quem deu os superpoderes a Lou e seus "amigos", não vai desistir tão facilmente de ter os super-heróis que tencionava ter, então, para dar uma ajudinha decide criar supervilões, também. Agora está tudo pronto para uma verdadeira HQ de super-heróis, ou ao menos assim deveria ser. Mas, em Major Bummer, nada nunca é como precisa ser. 

Extremamente sarcástica e cheia de humor, a HQ nos leva em uma viagem alucinante de 15 edições onde tudo - ou nada - pode acontecer. Vai depender da disposição de Lou Martin, o que é sempre uma incógnita. Decidir entre salvar o universo ou assistir Abbott e Costello Contra Frankesntein nunca é uma decisão simples. 

Se nada disso o convencer a ler, só dizer duas palavras: Tiranossaurus Reich!

No mais, obrigado John Arcudi, Doug Manhke e ao Homem Sem Nome!






Nenhum comentário: