sexta-feira, 30 de junho de 2017

Os Deuses Mentem

OS DEUSES MENTEM - KAORI OZAKI
Tradução e Letras: Quadrinhos Inglórios

PARA BAIXAR, CLIQUE AQUI

Natsuko é um garoto que gosta e treina futebol na escola. Porém, quando o treinador é trocado, ele logo antipatiza com o novo e jovem treinador, e sente falta de seu antigo professor, que está internado, com câncer. 

Quando chegam as férias de verão, ele se vê frente a um problema: ter de passar todo esse tempo no acampamento de férias, com o treinador que detesta. Natsuko diz para a mãe que está indo para o acampamento, mas na verdade não vai. Está andando pela rua, tentando encontrar uma solução para seu problema quando encontra Rio, uma menina da mesma escola, com quem ele deixou um gato que encontrou abandonado e que não podia ficar com ele, por sua mãe ser alérgica. Ela fica sabendo de seu problema e oferece a Natsuko a sua casa, como abrigo. Porém, Natsuko percebe que ela e or irmãozinho moram sozinhos. 

Rio diz que seu pai, que seria um pescador, viajou para o Alaska, para pescar. Natsuko aceita e se envolve cada vez mais com Rio e com seu irm~çao pequeno, formando assim uma espécie de família. Apesar da alegria do dia a dia, há coisas que Rio não contou para Natsuko e que podem por em perigo a felicidade do trio. 




quarta-feira, 28 de junho de 2017

TWD: Os Mortos Vivos Vol. 07

THE WALKING DEAD: OS MORTOS-VIVOS - VOLUME 07
Digitalização e Tratamento: Outsider The Z/HORDA Comics

PARA BAIXAR, CLIQUE AQUI

O título deste volume sete é bem relativo, pois os tais "Momentos de Calmaria" são bem poucos. Na verdade, acontece bastante coisa. 

A gravidez de Lori avança cada vez enquanto Rick continua tentando liderar seu grupo depois de todos os péssimos acontecimentos relacionados a Woodbury e ao Governador. 

Ele envia um grupo para buscar mantimentos e munição e este acaba se encontrando com um grupo hostil e mais uma vez se veem frente a frente com o perigo. 

Carol parece estar melhor depois de sua tentativa de suicídio, mas nada realmente é o que parece. Dale passa por um momento traumático e começa a ficar paranóico com Andrea e Tyreese. Michone ainda está abalada com tudo que aconteceu a ela. 

Tudo parece normal e de certa form calmo, mas tudo isto está para mudar.




Aliens: Coletânea

ALIENS: COLETÂNEA
Tradução e Letras: The Man Without a Name

PARA BAIXAR, CLIQUE AQUI

Coletânea de quatro histórias curtas (vinte e poucas páginas cada), onde temos um tom mais  humorístico em algumas delas. Como as duas primeiras que estrelam o caçador de aliens, Herk Mondo. Mondo Pest e Mondo Heat são histórias com o personagem indo a lugares cheios de aliens e onde ele precisa exterminá-los. 

Na primeira história, ele salvaum garotinho que procurava seu tio Hank, e quando se aproxima da colônia que o contratou, quase tem sua nave derrubada. Agora ele precisa ir com os colonos procurar e exterminar os aliens e terminar o serviço para o qual foi pago. Isso se não houyver nenhuma surpresa.

Em Mondo Heat, o caçador é contratado para salvar duas garotas que acabaram no meio dos aliens. Ele vai com o irmão das garotas, que logo fica para trás, e precisa salvar as meninas e a si mesmo. Mas, como sempre, não é tudo tão simples como parece.

Em Aliens: Porco, caçadores de naves perdidas e de seu conteúdo, precisam descer ao planeta e recuperar o que vieram buscar, mas o lugar está infestado de aliens. A solução é encher um porco de explosivos e mandá-lo para o meio dos bichos. Se vai dar certo, só lendo.

E, por último, em uma colônia, jovens são desafiados a entrarem em uma caverna famosa por causa da lenda sobre um fantasma branco que lá habitaria e que desaparece com as pessoas que lá se atrevem a entrar. Os garotos vão, mas não encontram bem um fantasma, mas algo bem mais real.

sexta-feira, 23 de junho de 2017

Update: O Traça

O TRAÇA - STEVE RUDE
Scans 1.5 by Outsider The Z/HORDA Comics

PARA BAIXAR, CLIQUE AQUI

Nas mãos erradas o Traça poderia ser apenas uma HQ muito ruim, tentando criar um novo herói com nome de inseto e, ainda por cima, um nome de inseto sem nenhuma chance de dar certo. Mas, nas mãos de Steve Rude, um criador e ilustrador talentoso, as coisas dão mais do que certo. 

Jack Mahooney trabalha em um circo, namora a mulher barbada e, nas horas vagas - ou nem tão vagas assim - é o super-herói Traça. Enfrenta gangues de motoqueiros, homens-leões de Botswana e todo tipo de vilão tão estranhos quanto ele. 

Suas aventuras remetem bastante à Era de Prata, principalmente pelo traço nostálgico de Steve Rude, que não esconde uma influência kirbiana, já tendo até mesmo feitos HQs homenageando o Rei. 

Apesar de contar com a ajuda de Gary Martin na criação do super-herói, a força motriz por trás do Traça é Rude, que já trabalhou com super-heróis convencionais, como Batman e Superman e com outros mais desconhecidos, como Nexus. Sempre fazendo um ótimo trabalho. 




Invencível - Vol, 01

INVENCÍVEL - VOLUME 01
Digitalização e Tratamento: Outsider The Z/HORDA Comics

PARA BAIXAR, CLIQUE AQUI

Invencível, uma HQ que existe desde 2003 nos EUA, só teve 19 números publicados no Brasil das mais de 100 edições que já existem. Os quatro encadernados que reúnem estes 19 números começaram a ser publicados em 2006, sendo que o quarto volume levou 5 anos para ser publicado, depois do terceiro. Complicado.

Para um herói que poderia mostrar para vários novos leitores que existe um universo além de DC e Marvel, isso chega a ser uma grande piada editorial. Claro, a culpa não é apenas da editora, mas devários fatores que tornam nosso país o que ele é. 

Mesmo esses quatro volumes não são fáceis de encontrar. Eu mesmo nunca os vi em nenhuma livraria que não fosse on line, dificultando nocamente o acesso de leitores em potecial. E assim se dá com muito material diferenciado. 

Nas palavras de Kurt Busiek, na introdução deste volume, Invencível é uma HQ que não se envergonha de ser uma HQ de super-herói. Ela se refestela nisso. Robert Kirkman - que é mais do que simplesmente o criador de Walking Dead - praticamente nos entrega um herói juvenil do novo século, um novo Homem-Aranha, mas com personalidade própria.

Mark Grayson é um adolescente, filho do maior super-herói da Terra e acaba de manifestar seus superpoderes. Agora, entre a escola e o emprego num fast food, ele quer lutar contra o crime. Logo encontra outros jovens que fazem o mesmo e se junta a eles.

Alguém está raptando rapazes de sua escola e transformado-os em bombas humanas. Ele e seus aliados precisam descobrir o que está acontecendo. Enquanto isso, seu pai também está tendo problemas. 

Vou colocar os quatro volumes encadernados, pelos quais tenhoi preferência, como se pode notar pelo que publico aqui, mas, como o último volume saiu em 2012, acho que as chances de vermos os próximos são remotas, então completarei colocando do número 20 em diante aqueles feitos em grupos de tradução como o Guardiões do Globo.

Mas, é óbvio que vocês podem ir ao blog do Guardiões ou baixar de onde acharem melhor. 





quarta-feira, 21 de junho de 2017

Yu Yu Hakusho - Vol. 14

YU YU HAKUSHO - VOL.UME 14
Digitalização e Tratamento: Renato Ptl/HORDA Comics

PARA BAIXAR, CLIQUE AQUI

O Torneio das Trtevas continua e as oito equipes a se enfrentarem são definididas, cada uma mais poderosa que a outra, incluindo a Equipe Toguro que é composta apenas de... Toguro, o youkai que já enfrentou Yusuke e seus amigos, mas apenas para se certificar de que eles estariam neste torneio. 

Yusuke não tem como diparar seu Leigan, Kuwabara está debilitado, Hiei está com um braço danificado e também está com problemas para continuar lutando. Ele e Kurama são atacados por integrantes de uma equipe composta de humanos alterados.

A edição também traz o primeiro encontro entre Hiei e Kurama.

Replay: Moonshadow

MOONSHADOW - EDIÇÃO ESPECIAL RAPADURA
Digitalização e Tratamento 2.0: OutsiderZ/HORDA Scans
Tradução das páginas extendidas: A amiga querida Déborah Otyg

PARA BAIXAR, CLIQUE AQUI

Quando a Ed. Globo estava investindo no fino das HQs (V de Vingança, Sandman, Akira, Moonshadow e etc) eu estava em um estado de animação suspensa conhecido como "fanatismo religioso" e, neste estado, eu não li quadrinhos de 1990 até 1997. Sempre tenho de deixar isso claro, para que entendam que, até eu começar a digitalizar quadrinhos, eu simplesmente não conhecia algumas dessas pérolas da Nona Arte. Foi o caso de Moonshadow. Mas, os scans me fizeram ver a luz, me conduziram a verdes pastos e o scanner foi meu pastor, para que nada me faltasse. Aleluia, nerds!

Moonshadow foi uma das muitas relíquias que eu encontrei por acaso. Ainda lembro bem onde encontrei o primeiro encadernado que digitalizei: na saudosa comic shop Gibimania, do tresloucado Marquinhos. Eu sempre ia lá, em sua loja, para comprar, trocar, fazer qualquer negócio, para conseguir mais gibis para ler e, em seguida, escanear. Ok, confesso que alguns eu nem mesmo li, já escaneava direto. Mas aquele chumaço que era o encadernado de Moonshadow me chamou a atenção, entre tantas outras preciosidades.

Li e me encantei com esta HQ de fantasia e ficção-científica, misturada a um surrealismo de contos de fadas e muita literatura. Mais abaixo colocarei uma sinopse apropriada. O fato é que pensei no mesmo instante, "ela precisa ser escaneada e compartilhada". Porém, havia um problema sério. O papel amarelado e a arte pintada se mostraram um desafio que eu não estava a altura de enfrentar. Mas, o fiz assim mesmo.

Eu não sabia o que fazer para restaurar a HQ sem destroçar totalmente a arte. Equivocadamente, fiz algo que só anos depois fui perceber que foi um erro. Usei uma ferramenta do Photoshop (smart blur) que dava a impressão de ajudar a eliminar a sujeira. Na verdade ela alterou drasticamente a arte. Mas, naquele instante, vendo a HQ ser restaurada, mesmo que a força, eu não percebi o que estava fazendo. Sem contar que eu ainda não sabia tudo sobre fazer scans. Na verdade, ainda não sei, porém, sei mais que dantes.

O tempo passou, como num vídeo acelerado, e eu estava agora em outro sebo, mais próximo de casa, mas que não é especializado em quadrinhos. O pouco que há por lá eles costumam vender a preço de ouro, se for muito antigo e raro. Olhando os poucos exemplares numa caixa, percebi que Moonsahdow encadernado estava lá, olhando para mim, como acontecera anos antes em outro lugar, em outro tempo. Sim, exatamente, eu comprei de novo para fazer uma versão 2.0 dos scans.

Dessa vez sem subterfúgios e escaneando em uma qualidade maior, como vem sendo de praxe nos últimos trabalhos. Levei um certo tempo para escanear e tratar as 380 páginas, mas uma coisa já batucava na minha mente. Algo que, desde a primeira versão eu já sabia: Havia um final expandido da minissérie. Este final foi publicado na reedição de Moonshadow pela DC/Vertigo.

A HQ fora publicada originalmente pela Marvel/Epic. Quando mudou de mãos os autores resolveram ampliar o final. Não é extatamente um final alternativo, mas coisas que não foram ditas na primeira vez. Consegui esta edição em inglês, pedi a amiga Débora Otyg para traduzir as páginas alteradas e as letreirei. Coloquei da página 23 em diante. Não as substituí na edição da Globo, apenas acrescentei como um extra em uma edição especial, junto com uma galeria de capas que são as feitas para a Vertigo. As três páginas finais, apesar de refeitas, não contém alterações, foram apenas transcritas da edição nacional.

Ufa!

Aqui vai uma sinopse da história:

"A história toma a forma de um eclético e peculiar conto de fadas com satírico e lida com elementos filosóficos de preocupações. Ela é contada através do dispositivo de enquadramento de Moonshadow olhando para trás em sua vida anterior. A ação diz respeito à eventos que levaram ao "despertar" de Moonshadow, o filho de uma hippie mãe e um pai estrangeiro enigmático. O estrangeiro, que se assemelha a uma esfera brilhante de luz tendo uma face humana estilizada, a mãe de Moonshadow raptada da Terra em 1968 junto com seu gato de estimação preto, Frodo. Quando o Moonshadow idealista e ingênuo é órfão aos 15 anos de idade, ele se torna amigo de um venal e oportunista humanóide chamado Ira. Moonshadow, Ira e Frodo, o gato partem em busca de uma vida para si próprios nas estrelas." Retirada da Enciclopédia HQ. E se quiser saber mais antes de ler, veja o artigo de Dicas do Duda.

BÔNUS: MOONSHADOW - A DESPEDIDA
Tradução e Letras by ComicsBR

Image and video hosting by TinyPic
PARA BAIXAR, CLIQUE AQUI

Esses scans são os mesmos, feitos pelo saudoso grupo ComicsBR, ou seja, letreirar scans com mais qualidade. É a despedida do personagem, em uma HQ feita para o selo Vertigo. São as belas pinturas de Jon J. Muth, com texto corrido, escrito por J. M. DeMatteis. Sem o trabalho do grupo, provavelmente não teríamos nem mesmo essa chance de ler em português tal raridade.

terça-feira, 20 de junho de 2017

Coleção Marvel Salvat: Extremis

COLEÇÃO MARVEL SALVAT: HOMEM DE FERRO - EXTREMIS
Digitalização e Tratamento: Renato Ptl/HORDA Comics

PARA BAIXAR, CLIQUE AQUI

"Homem de negócios capitalista, gênio industrial e playboy. atormentando por uma autoaversão movida pelo seu alcoolismo, Tony Stark - o Homem de Ferro - é um super-herói com quem, na teoria, deveria ser difícil alguém se identificar.

Mas suas aventuras se estenderam para outros mundos, outras épocas e para a maioria dos países de nosso planeta, conseguindo capturar a imaginação dos leitores por mais de cinco décadas.

O Homem de Ferro é um magnata no melhor estilo Marvel, que traja uma superarmadura, salva o dia e recebe elogios no processo, contando com três filmes de sucesso para atestar  sua popularidade como um ícone dos quadrinhos.

Ele é um dos maiores heróis da Casa das Ideias. Por fora é invulnerável - talvez até intocável. Por dentro, contudo, nosso vingador dourado é uma figura ferida dotada de consciência, e é justamente essa psique contrastante que atrai leitores do mundo inteiro.

Assim sendo, quando o confesso devoto da tecnologia futurista Warren Ellis recebeu a tarefa de escrever uma história moderna do Homem de Ferro, a combinação foi perfeita, em especial tendo o estio único de Adi Granov para complementar a visão de Warren.

Extremis é uma leitura igualmente recompensadora para fãs antigos e novos, e é a narrativa definitiva do Homem de Ferro dos anos 2000, tendo inspirado o visual do primeiro filme do herói, tornando a origem do personagem mais proeminente e partilhando uma visão do que o futuro reserva."




segunda-feira, 19 de junho de 2017

Aliens: Stronghold

ALIENS: STRONGHOLD
Tradução e Letras: A Man Without a Name

PARA BAIXAR, CLIQUE AQUI

Em Stronghold conhecemos o primeiro xenomorfo (como os aliens são chamados) sintético, ou seja, um andróide alien. Ele auxilia o Dr. Nordling em suas experiências com os violentos alienígenas, circulando entre eles.

Philip e Joy Strunk são um casal que vão fazer entrega de partes sintéticas ao Dr. Nordling, mas estão encarregados de saber mais sobre os experimentos de Nordling que parecem estar saindo dos limites. Ele parece estar abusando de seu poder, por ser o único humano no complexo. 

O casal Strunk logo se vê em sérios perigos.




Barracuda - #01 a #03

BARRACUDA - LIVROS #01 a #03
Tradução: Ndrangheta & Deck'Arte
(Em andamento)


PARA BAIXAR, CLIQUE AQUI

O navio pirata Barracuda aborda um navio levando uma família nobre e aí começa uma grande aventura das mais interessantes. 

As mulheres, mãe, filha e "Emília", são vendidos no mercado de escravos de Puerto Blanco. O comerciante de escrevos Farrango fica com a menina Maria, monges que tentam salvar essas mulheres da escravidão conseguem comprar apenas a mãe e "Emília" é comprada por um alto preço pelo pirata Flynn. 

Além de tudo o Capitão Pirata deixa seu filho ferido na ilha e vai atrás do diamante amaldiçoado Kashar, com o mapa que roubou da família nobre. E assim, uma saga de anos e anos vai se desenrolando. 

A bela Maria, agora adulta, faz seu comprador, com sem se casou, de gato e sapato. Se torna uma esposa rica, mas ainda quer muito mais. Ela quer vingança pela morte de sua mãe. 

"Emília" se torna aluna de Flynn e passa a manejar a espada e a ser mais do que apenas uma escrava. O filho do capitão do Barracuda espera na ilha o retorno de seu pai com o diamante, mas este passa sérias dificuldades no mar. 

Com aventura, romance e algo mais que pode desagradar aos fãs de Bolsonaro, Barracuda é mais uma das belas HQs européias com que somos brindados pelo Ndrangheta. 



quinta-feira, 15 de junho de 2017

Coleção Marvel Salvat: E de Extinção

COLEÇÃO MARVEL SALVAT: X-MEN - E DE EXTINÇÃO
Digitalização: Renato Ptl/Tratamento: Outsider Z/HORDA Scans

PARA BAIXAR, CLIQUE AQUI

"Dada a natureza da origem dos X-Men, é natural que o título se mantenha em constante evolução ao longo dos tempos. Contudo, quando Grant Morrison assumiu o Universo X em 2001, o que ocorreu foi tanto uma evolução quanto uma revolução.

Morrison tem a fama de introduzir conceitos novos e estranhos nos quadrinhos de super-heróis, e de descobrir novos ângulos para explorar os personagens. Em Novos X-Men, ele usou suas espetaculares habilidades de reinvenção e catapultou, com grande sucesso, a franquia mutante para o novo milênio. 

Em suas mãos, os X-Men tornaram-se, mais uma vez, relevantes. Era como se qualquer coisa pudesse acontecer e, com frequência, acontecia - de forma ultrajante! Clichês exaustivos foram deixados de lado em prol de histórias repletas de ação inebriante, de conflitos tempestuosos e muito drama. 

Para o primeiro arco de Novos X-Men, a responsabilidade de dar vida à visão conceitual de Morrison coube ao artista Frank Quitely. Assim como Stan Lee e Jack Kirby ou Alan Moore e Alan Davis, Morrison e Quitely são dois criadores que se completam com perfeição. 

Não importa o quanto os roteiros de Morrison sejam complicados, Quitely sempre encontra uma forma de conduzir a história com clareza e sem perder nenhum dos intrincados detalhes. Um exemplo perfeito disso é o sequestro psíquico do Professor Xavier, na primeira edição. Para um conflito que ocorre puramente dentro da cabeça de alguém, ele é tão cheio de intensidade e emoção quanto qualquer combate entre dois dos personagens fisicamente mais poderosos da Marvel. 

Até os dias de hoje, personagens e conceitos que surgiram na fase de Morrison continuam tendo efeito dramático nos mutantes da Marvel. Tudo indica que Novos X-Men é uma série que sobreviverá ao teste do tempo e terá seu lugar ao lado de sagas como A Fênix Negra e outros momentos que definiram a história dos X-Men." 





quarta-feira, 14 de junho de 2017

Dragonball - Vol. 11

DRAGONBALL - VOLUME 11
Uma Produção Renato Ptl/HORDA Comics

PARA BAIXAR, CLIQUE AQUI

Goku recorre novamente ao mestre Karin para terinar mais e ficar forte o suficiente para enfrentar o poderoso Picollo Daimao. Porém, para sua frustração, o mstre diz que não há mais nada o que ensinar a Goku, que já atingiu seu auge. Parece que Piccolo não será derrotado por ninguém. A menos que...

Com uma solução alternativa, Goku parte para enfrentar Piccolo que já matou Mestre Kame e Kuririn, além de Chaos. Poderá Goku derrotá-lo. Neste combate sem precedentes até o momento, Goku precisará salvar seus amigos e o mundo. Mas, e seus amigos mortos? haverá solução para eles, já que juntar as esferas do dragão parece que não será mais possível?




Yu Yu Hakusho - Vol. 13

YU YU HAKUSHO - VOLUME 13
Digitalização e Tratamento: Renato Ptl/HORDA Scans

PARA BAIXAR, CLIQUE AQUI

A competição contra os youkais continua de forma acirrada e a equipe de Urameshi não vai bem na primeira etapa. Ficam em desvantagem. Assim sendo, Kurama precisa lutar para empatar e faz isso de forma magistral. Hiei também não fica atrás, sendo quem ele é, um Youkai.

No entanto, Urameshi precisa enfrentar um advversário estranho, que tem na bebida, sua forma de combate. Lutar bêbado é o que o faz melhor. Vendo a tenacidade de Urameshi, o Youkai até mesmo o admira e se diverte em lutar com ele, assim como Urameshi, que retribui a admiração. Um combate inesperado.

Coleção Marvel Salvat: Os Eternos

COLEÇÃO MARVEL SALVAT - OS ETERNOS
Digitalização e Tratamento: Renato Ptl/HORDA Comics

PARA BAIXAR, CLIQUE AQUI

"Em 1975, algo muito empolgante foi anunciado na Marvel Comics: Jack "The King" Kirby estava de volta! Após um período de cinco anos fora da empresa , o grande criador retornava para levar seu estilo clássico e inconfundível a tipos como o Capitão América e Pantera Negra. Além de trabalhar com personagens que ajudara a criar 15 anos antes, Kirby também lançou um título novo, algo diferente de tudo que a Marvel estava fazendo na época: Os Eternos. 

A premissa surgiu do fascínio de Kirby por 'antigos astronautas' = uma teoria decididamente new age de que seres interestelares podem ter visitado nosso planeta há milhares de anos e terem sido confundidos pelo homem primitivo com 'deuses', talvez até interferindo de algum modo na evolução humana. 

Trinta anos mais tarde, o editor-chefe da Marvel, Joe Quesada, abordou Neil Gaiman para revitalizar os personagens e encontrar uma maneira de integrá-los de novo ao Universo Marvel. Gaiman, que havia lido (e adorado), a série original quando lançada, agarrou a oportunidade sem pensar. 

De certo modo, Os Eternos é quase que o completo oposto do que o escritor fizera em 1602. É um conto Marvel completamente  moderno, com um elenco bem menor de protagonistas, que se enquadram perfeitamente à cronologia moderna. Em vez de reimaginar os personagens  dentro de um novo ambiente (no caso de 1602, a Era Elisabetana), desta vez ele tentaria trazer de volta figuras que estavam à margem do Universo Marvel atual.

Juntar Gaiman com John Romita, Jr. no projeto foi uma escolha inpirada (cof cof). Assim como descreveu os asgardianos, seus artefatos e e arquitetura no trabalho Thor: Em Busca dos Deuses, Eternos vê mais uma vez John Romita, Jr. interpretando os incríveis designs místicos e tecnologicamente avançados de Jack Kirby. Novamente, ele encontra uma forma de atualizar a arte de Kirby sem perder o senso de grandeza épica e natureza extreterrena."