domingo, 23 de abril de 2017

Coleção Marvel Salvat: Dinastia M - O Herdeiro

COLEÇÃO MARVEL SALVAT: DINASTIA M - O HERDEIRO
Digitalização e Tratamento by Renato Ptl/HORDA Comics

PARA BAIXAR, CLIQUE AQUI

"O ano de 2006 não foi bom para os mutantes - cortesia da Feiticeira Escarlate e dos eventos de Dinastia M. Os Homo Superior sofreram uma redução dramática em sua população. Com apenas 198 mutantes no mundo,  essa espécie, que deveria ser o próximo passo na evolução humana, foi reduzida a uma minoria fadada à extinção em poucas gerações. 

Esse novo status quo da raça mutante alterou os diversos títulos fixos dos X-Men e deu origem a um conjunto de minisséries que se focava nos mutantes sem poderes. De todas as histórias contadas após o Dia M, uma das mais interessantes é O Herdeiro, de David Hine e Roy Allan Martinez. 

A história se foca em Pietro Maximoff. Filho de Magneto, irmão da Feiticeira Escarlate, ex-vingador e agora - por causa do papel que desempenhou na criação da Dinastia M - provavelmente o herói mais odiado do planeta. Sem poderes, desesperado e sem causa para defender, ele é uma figura digna de pena que fará tudo para recuperar suas habilidades. 

Embora confesse odiar o pai e não querer ser como ele, é possível ver a semelhança entre ambos. Hine brinca com isso de modo brilhante, mostrando Pietro como tendo a mesma brutalidade e forte senso de propósito de Magneto, que com frequência se transforma em arrogância. 

De certo modo, O Herdeiro é uma trama de redenção, embora seja o deturpado ideal de redenção de Mercúrio. Pietro Confessa estar tentando ajudar a raça mutante, mas fica óbvio ao longo da história que suas verdadeiras intenções são completamente egoístas

Sua cruzada para recuperar seus poderes perdidos não o deixa perceber que eles está disposto a sacrificar tudo que lhe é importante, incluindo seus colegas mutantes, sua ex-esposa e até sua própria filha.  Assim, continue lendo e descubra até onde um mutante está preparado para ir com o objetivo de voltar a ser extraordinário."




Coleção Marvel Salvat: Dinastia M

COLEÇÃO MARVEL SALVAT: DINASTIA M
Digitalização e Tratamento by Renato Ptl/HORDA Comics

PARA BAIXAR, CLIQUE AQUI

"Após os trágicos eventos de Vingadores: A Queda, um pequeno problema pairava no Universo Marvel: a Feiticeira Escarlate. Ela havia detonado os Vingadores e deixado um rastro de morte e devastação. Assim como a Fênix Negra, agora ela detinha um nível de poder quase inconcebível e, em seu estado metal desequilibrado, poderia causar um mal terrível ao mundo. 

A última coisa que se soube de Wanda Maximoff foi quando Magneto, seu pai, a levou consigo, depois que ela foi deixada num estado comatoso pelo Doutor Estranho. Os leitores ficaram com muitas perguntas em aberto. Onde ela estaria? Será que ainda tinha seus poderes? Como seus amigos heróis se sentiam em relação ao que havia ocorrido? Eles iriam puni-la ou ajudá-la no caminho para a redenção?  A resposta para tais perguntas é esta história - um minissérie épica, como não era vista na Marvel há muitos anos: Dinastia M. 

Com receio de criar spoilers sobre qualquer reviravolta da história, é melhor não falar muito. Mas, pode se dizer, com certeza, sem medo de revelar demais, é que Brian Michael e Olivier Coipel criaram uma grandiosa aventura, que se passa em uma realidade alterada, com grande elenco, poderosos confrontos e momentos realmente angustiantes."




sexta-feira, 21 de abril de 2017

Superdeus

SUPERDEUS - 05 EDIÇÕES
Tradução e Letras: Ndrangheta & Deck'art/SóQuadrinhos/GibiHQ



PARA BAIXAR, CLIQUE AQUI

Deus criou o Homem ou o Homem criou Deus? 

No meio dos destroços do que um dia foi Londres, um, homem narra para um gravador a história de como a Inglaterra criou seu próprio Deus. Seu próprio superser. E, assim como em uma corrida armamentista, não apenas ela, mas vários outros páises passaram a ter a mesma ideia e deram vida a seus próprios seres divinos.

Afinal, o que são os super-heróis superpoderosos do que nada além de deuses. Mas, pode o Homem simplesmente criar um desses seres para usarem em proveito próprio? Os cientistas de vários países do mundo acham que sim.

Na Inglaterra, três astronautas são enviados para regiões do espçao, na intenção de que adquiram superpoderes. Retornam como uma entidade tripla criada a partir de fungos sensientes. 

Na Índia, os cientistas resolvem dar vida a Krishna para que ele salve a ìndia do caos em que se encontra. Porém, a maneira como ele decide fazer isso vai contra os planos que tinham em mente. Krishna se torna uma ameaça. 

Na China, seu syperdeus também volta-se contra as autoridades. O Oriente Médio tenta criar um anjo, mas Malak torna-se tão poderoso que chega a "cagar ondas de rádio". 

O EUA, berço da criação dos super-heróis, nãpo podia ficar fora desta. Eles trazem um homem de volta a vida, dando-lhe superpoderes. Mas, este ao perceber que é apenas um morto que fala, entra em parafuso. 

O superdeus da Rússia é apenas um monte de sucata. Derrotado, eles voltam a tentar e criam o deus Perun. 

Warren Ellis nos traz esste conto insano que trata de religião, poder e a necessidade das pessoas de deixarem suas vidas nas mãos de um poder maior. Rezar para um homem que voa ainda vai te matar.


quinta-feira, 20 de abril de 2017

Akira #23 e #24

AKIRA #23 e #24 de 38
Scans 2.0 by Outsider Z/HORDA Comics

PARA BAIXAR, CLIQUE AQUI

O confronto das força de Lady Miyako com os seguidores de Akira e Tetsuo vai definhando conforme novos acontecimentos vão surgindo. O Coronel usa novamente o satélite destruidor conhecido como SOL e, ao mesmo tempo, um novo evento traz algo que muitos esperavam: o retorno de Kaneda. 

Mas, mesmo feliz com o retorno do amigo, Kay se preocupa com a situação de Chyioko e vai com o coronel até sua base para encontrar a amiga e tentar levá-la até o templo de Lady Miyako. 

Enquanto isso, Kaneda descobre que antigos inimigos agora são novos aliados, já que a situação exige que se façam alianças, pois o mundo deixou de ser o mesmo quando Alira acordou. 

No mar, um porta-aviões contém as maiores mentes científicas para estudar e decidir o que fazer quanto ao fenômeno Akira.

terça-feira, 18 de abril de 2017

Coleção Marvel Salvat: Vingadores Eternamente 2

COLEÇÃO MARVEL SALVAT: VINGADORES ETERNAMENTE - PARTE 2
Digitalização by Renato Ptl/Tratamento by Outsider Z/HORDA

PARA BAIXAR, CLIQUE AQUI

"Antes de continuarmos com a Guerra do Destino para descobrir o que espera Rick Jones e os sete Vingadores deslocados no tempo, vale fazer uma pausa por um momento para considerar o risco que Kurt Busiek e Roger Stern assumiram ao escrever a série. 

Como você já viu, a história se entremeia com o passado e o futuro da equipe. Um grande número de aventuras clássicas é mencionado e, em alguns casos, revisitado. Para um roteirista de quadrinhos, isso não é algo feito de forma tranquila. 

Fãs radicais compõe um grupo sagaz e altamente protetor quanto ao passado estabelecido dos personagens, e sempre apontarão algum erro. Na verdade, a Marvel costumava oferecer o mítico 'No-Prize' (no Brasil, 'Troféu Cata-Piolho') para leitores que escrevessem para a seção de cartas identificando um erro de continuidade numa revista (embora também tivessem que oferecer uma explicação razoável para o erro). O escritor que tenta algo assim é bem cortajoso (ou idiota). 

Mas, Busiek e Stern não só revisitaram as primeiras aventuras, como tiveram a audácia de contrariar eventos 'históricos' e mostrar que eles eram, de fato, algo totalmente diferente. Sacrilégio! Ao que cada nova edição de Vingadores Eternamente era lançada, esperava-se que lojas de quadrinhos em todo o mundo tremessem com os gritos de fúria dos fãs da Marvel sedentos de sangue. 

Mas claro que isso não aconteceu. 

Tal como Busiek fizeram em Marvels, o grande acontecimento e o carinhos que os dois roteiristas têm pelo início do Universo Marvel foram a chave para remodelar a trama. Em vez de motivar dezenas de cartas com reclamações, a épica história angariou sucesso de crítica e público."




segunda-feira, 17 de abril de 2017

Coleção Marvel Salvat: Vingadores Eternamente 1

COLEÇÃO MARVEL SALVAT: VINGADORES ETERNAMENTE - PARTE 1
Digitalização by Renato Ptl/Tratamento by Outsider Z/HORDA

PARA BAIXAR, CLIQUE AQUI

"Para um roteirista, a continuidade dos quadrinhos é uma faca de dois gumes. Alguns desprezam o que seus predecessores fizeram, recusando-se a ser oprimidos pelo peso de edições passadas, usando o aspecto esquecido de uma trama ou um detalhe bem conhecido do personagem como pedra angular para uma nova aventura.

Kurt Busiek é um escritor que se enquadra firmemente na segunda categoria. Fã dedicado de quadrinhos desde a adolescência, ele é uma enciclopédia viva do Universo Marvel. Mas, o verdadeiro talento de Busiek não é seu vasto conhecimento da história da editora (que é, apesar de tudo, assustadoramente impressionante), mas sia sua habilidade de criar narrativas que passeiem pelo passado da Marvel, mas continuem empolgantes e únicas. 

Vingadores Eternamente é um exemplo disso. Conforme a história progride e os vingadores, deslocados no tempo, se veem em diferentes períodos, há diversas aparições especiais e encontros com antigos personagens. Na verdade, ao longo do caminho, Busiek até consegue usar a aventura para acertar certos problemas de continuidade (incluindo a verdadeira origem do sintozóide Visão). 

Claro que a arte de Carlos Pacheco e do arte-finalista Jesús Merino está mais do que a altura do desafio de retratar a intrincada trama de Busiek.  Como a história lida com manipulação de tempo e espaço, Pacheco recebe carta branca para criar visuais de entortar a mente bem como cenas  improváveis. 

Porém, independente de quanto a ação seja complicada, as páginas nunca se mostram atulhadas e permanecem fáceis de serem seguidas. 

Vingadores Eternamente é, em essência, uma carta de amor de Busiek e Pacheco para Os Heróis Mais Poderosos da Terra. A paixão de ambos pelos personagens brilha em todas as páginas. Em mãos menos hábeis, esse tipo de história poderia se tornar uma bagunça incompreensível, mas, comandada pela dupla, a aventura é clara e capaz de tirar o fôlego."




Jacked

JACKED - 06 EDIÇÕES
Tradução e Letras: Os Invisíveis/DarkSeid Club


PARA BAIXAR, CLIQUE AQUI

Josh Jaffe é um cara comum, vivendo uma vida comum. Está na meia idade, com o casamento entrando em crise e com os filhos sem grandes espectativas sobre o pai. John já sonhou em ser um super-herói, como todo bom leitor de quadrinhos já sonhou. Mas, como todo bom adulto, tinha que conviver com a dura realidade da vida. 

Desanimado e deprimido, conversa com o irmão, que é dentista, sobre isso, que lhe indica algumas pílulas para acelerar o ânimo, inteligência e tudo mais. Josh não acredita muito no potencial de tais pílulas, mas pesquisa na internet e simpatiza com uma tal Jacked, que encomenda. 

Ele toma uma das pílulas e sofre reações adversas, como por exemplo, alucinações e, justamente, quando está no trânsito, levando seu filho no carro. Indiretamente Josh provoca um acidente e, no calor do momento, corre para salvar a pessoa presa no carro... arrancando a porta! 

Josh não entende o que aconteceu, mas, entende uma coisa. Foi a pílula, foi Jacked. Porém, nada em sua descrição diz que o efeito seria esse, mas agora Josh não quer mais parar de se sentir assim. Ele deixa o segredo apenas entre ele e o filho, mas isso não ficará entre os dois por muito tempo. 

Josh acaba entrando em atrito com o vizinho, quje descobre ser traficante. para defender a namorada do mesmo de uma surra que está prestes a levar, Josh acaba dando um passo sem volta. Agora ele precisa salvar a moça, sua família e a si mesmo. Ser super-herói no mundo real parece ser bem mais complicado do que ele imaginava. 



domingo, 16 de abril de 2017

Art Ops

ART OPS - 12 EDIÇÕES
Tradução e Letras: DarkSeid Club/SóQuadrinhos


PARA BAIXAR, CLIQUE AQUI

O que é Art Ops? São os operativos da arte ou os agente secretos encarrgados de proteger a arte. Regina Jones é a líder que encabeça (se encabeça, só pode ser a líder) o grupo de pessoas que protege as obras de artes, mas, não da forma convencional. 

Alguém está tentando capturar Mona Lisa. Sim, não apenas roubar, mas capturar. Para protegê-la, o Art Ops retira a musa de sua tela e deixa uma dublê no lugar. Agora eles precisam deixá-la com alguém de confiança enquanto tentam capturar o bandido. É quando todo o Art Ops desaparece da face da Terra. 

Reggie (Ou Reginald) é o filho problemático da líder do Art Ops. Desapontado com a mãe que o relegou a segundo plano graças ao seu trabalho como defensora da arte fraca e oprimida, ele se tornou um rebelde. Porém, quando ele e a namorada são atacados por um grafitte, ela acaba morta e ele perde um braço. Para salvá-lo, o Art Ops lhe dá um braço... de arte. 

O Corpo era um super-herói dos quadrinhos. Ele foi retirado das revistas para ajudar o Art Ops quando este estivesse em sérios problemas, e eles estão. O Corpo precisa deixar Mona Lisa com alguém da confiança de Regina Jones, e esse só poderia ser seu filho, Reggie. É quando as confusões realmente começam. 

O roteirista Shaun Simon e o artista Mike Allred criam essa HQ artísticamente insana, onde você pode ser morto pela Estátua da Liberdade ou por um videoclip quando estes são usados para o mal. Participação especial de Eduardo Risso. 




sexta-feira, 14 de abril de 2017

Coleção Marvel Salvat: Em Busca dos Deuses

COLEÇÃO MARVEL SALVAT: THOR - EM BUSCA DOS DEUSES
Digitalização by Renato Ptl/Tratamento by Outsider /HORDA Comics

PARA BAIXAR, CLIQUE AQUI

"Se existe uma coisa da qual a Marvel não tem medo é arriscar - especialmente se for para produzir quadrinhos inovadores. Em 1996, a editora fez uma jogada sem precedentes com vários de seus títulos mais longevos. 

Após o evento cataclísmico conhecido como Massacre, todos os títulos ligados aos Vingadores, além do Quarteto Fantástico, foram cancelados e entreguesa uma nova equipe de superstars. Concebidas por talentos como Jim Lee e Rob Liefeld, essas histórias tencionavam recontar a origem dos personagens numa ambietação moderna. Após doze meses nesses estranho e compacto mundo, os heróis finalmente voltaram para o universo regular.

Para Thor, a equipe criativa responsável por esse segundo volume de aventuras foi formada pelo escritor Dan Jurgens e o artista John Romita, Jr. Recém saído de uma fase bem-sucedida e controversa na Distinta Concorrência, Jurgens iniciou a nova série de maneira espetacular. 

Alternando entre a vida do deus asgardiano em seu reino dourado e o mundo dos homens com o qual ele estava agora mais intimamente envolvido do que nunca, Jurgens encontrou um equilíbrio perfeito em sua narrtiva. Na verdade, sua abordagem se mostrou tão popular que ele permaneceriua no título até a edição 79, quando este foi relançado novamente como um crossover do evento Vingadores: A Queda. 

Quanto à arte, John Romita, Jr. se mostra em excepcional forma. Inspirando-se claramente no trabalho de Jack Kirby, Romita cria um estilo que parece ser simultaneamente moderno e clássico., sempre ligado pela incrível visão que o artista tem sobre compasso e narrativa visual."