domingo, 19 de julho de 2015

Lost Girls Completo


LOST GIRLS - ALAN MOORE E MELINDA GEBBIE (COMPLETO)
Digitalização e Ajustes by HORDA Comics


Image and video hosting by TinyPic
Image and video hosting by TinyPic Image and video hosting by TinyPic
PARA BAIXAR, CLIQUE AQUI

E completamos a saga pornográfica (não, não é erótica apenas) de Alan Moore e Melinda Gebbie, que levou 16 anos para ficar pronta, e 2 anos para ser digitalizada. A incursão de Moore no gênero dos quadrinhos pornográficos não poderia ser algo simples, vindo do grande mago. Junto à sua esposa, Melinda, esmiuçaram três contos de fadas, e os recontaram como se fossem o que ás vezes parecem ser, histórias pervertidas. Afinal, quer País das Maravilhas melhor do que o sexo? Ou uma garota andando por aí com três homens problemáticos denotaria o quê? E Peter Pan, que alude ao deus pã, que sempre estava junto às ninfas, não foi ele atrás de outra em Wendy?

Mas, a desconstrução de Moore vai bem além disso. Alice, Wendy e Dorothy, já adultas, se encontram em um hotel em algum lugar remoto da Europa, pouco antes da Primeira Guerra Mundial. Cada uma vivendo seu momento, bem distante dos tempos em que aconteceram as coisas que as moldaram. Alice, uma senhora lésbica, logo se entrosa com as outras duas, bissexuais, Dorothy assumida, Wendy retraída, vivendo um casamento de aparências. Não demora muito para que, como em todo bom conto pornográfico, elas logo estejam se conhecendo melhor.

Mas, muito mais do que estarem fazendo sexo juntas, elas começam a se conhecerem ou a se redescobrirem quando contam suas histórias umas para as outras. Histórias essas repletas de experiências sexuais em lugares estranhos e com pessoas inusitadas. Alice viveu um sonho e pesadelo lésbico, onde foi introduzida à alta sociedade e viveu intensamente cada momento. Dorothy relata seus dias de descoberta sexual, na fazenda, onde encontrou-se com os mais estranhos homens, com suas inseguranças ou vaidade extrema. Já Wendy teve suas experiências com um estranho garoto de rua e sua amiga com jeito de fada, que eram peseguidos por um homem com a mão deformada em forma de gancho.

Os três volumes esmiuçam cada aspecto da vivência de cada uma delas. Além disso, elas ainda estão neste hotel, com atmosfera sexual impregnada em cada canto, e que tem em cada quarto um livro com histórias ainda mais chocantes que às suas próprias. Em meio a toda essa voluptuosidade, a guerra se aproxima.

Para terminar, um trecho retirado do volume 3:

"Pornografia são os parques encantados onde as mais secretas e vulneráveis de todas as nossas muitas personalidades podem brincar em segurança. Elas são os palácios que todas as políticas e exércitos nunca podem espoliar, nem reduzir a escombros. Elas são os nossos jardins secretos, onde trilhas sedutoras de palavras e fantasia nos conduzem ao portal ofuscante e úmido do nosso prazer, além do qual coisas só podem ser expressas em uma linguagem que está além da literatura... ... além de todas sas palavras."

Nenhum comentário: