domingo, 25 de maio de 2014

Superman vs. Muhammad ali


SUPERMAN vs. MUHAMMAD ALI: EDIÇÃO DE LUXO
Scans by Onomatopéia Digital/Rapadura Açucarada


Image and video hosting by TinyPic
Para baixar, clique AQUI


Era o ano de Nosso Senhor de 1979, e eu tinha 10 anos de idade. Há exatos 35 anos atrás eu li o gibi acima pela primeira vez e, ontem, li pela segunda vez. Devido ao tempo que se passou, as lembranças são muito enevoadas quanto a se a HQ era minha mesmo ou emprestada. Não lembro de ninguém comprando para mim esta, que não era uma das revistas mais baratas da época, haja visto ser uma edição muito especial.

Para começar, ela era de tamanho diferenciado. Falando diretamente, era gigante. Pelo menos para um garoto de 10 anos era o que parecia ser. Me lembro bem de estar do lado de fora da escola, esperando o sinal tocar para entrar e eu com ela, aberta, me cobrindo quase todo (o que me faz suspeitar que era emprestada). Eu não sabia o que mais me impresionava: se o tamanho ou o fato de que havia uma pessoa real - Muhammad Ali - dentro de um gibi, e pior, lutando contra o Super-Homem! Era demais para minha cabeça.

O fato é que, fosse emprestada ou não, depois que eu a li, depois que eu a tive nas mãos, nunca mais a esqueci, e duvido que qualquer outra pessoa que o fez tenha esquecido. Mesmo demorando mais de 30 anos para ser republicada aqui no Brasil, ela nunca saiu da minha mente. Os scans da edição publicada pela EBAL, que foram inclusive restaurados e reletreirados, vagueiam pela rede internética de computadores.

Antes dos scans e da republicação, só era possível rever esta pérola nos sebos da vida. Alguns, ainda hoje, mesmo com a edição da Panini tendo sido lançada, cobram até R$ 200,00 pela edição da EBAL. Pelo menos aqueles que sabem o que tem nas mãos,

Esta nova edição desvenda como surgiu a ideia de juntar os dois ícones americanos, tudo contado editora Jennete Khan. Também há a capa, com as dezenas de pessoas famosas da década de 70, que estão na platéia, bem como um guia para saber quem são e onde estão. A verdade é que, fora o tamnanho, a republicação é bem superior e se você ainda conseguir encontrá-la, compre.

A história é bem simples: os Scrubbs, uma raça alienígena, quer destruir a Terra, para evitar que os humanos acabem por, quem sabe um dia, atacá-los, devido à natureza beligerante da humanidade. Mas, para dar-nos uma chance, eles querem que o maior campeão da Terra enfrente o deles em uma luta de boxe. Claro, a escolha óbvia seria o Super-Homem. Isso se não estivéssemos na década de 70 e se o esporte não fosse boxe, pois aí temos Muhammad ali.

Para desfazer o impasse o jeito é os dois se enfrentarem e o vitorioso lutará pela Terra, Claro que Kal-El não poderá lutar com seus poderes a pleno vapor. Sob um sol vermelho, lutará de igual para igual com Ali, que o treina durante algum tempo.

É uma história ingênua e divertida, mas com uma certa mensagem, que fazia parte das exigências de Muhammad Ali, para que ele estreaase o gibi junto ao Homem de Aço. O traço de Neal Adams faz com que ainda pareça uma HQ dos dias de hoje, devido a sempre ter sido um ilustrdor à frente do seu tempo.

Assim sendo, ao soar do ringue, divirta-se!


Um comentário:

Clauber disse...

Impressionante a arte de Neal Adams nessa HQ. Caramba, o cara realmente estava à frente de seu tempo!