domingo, 2 de março de 2014

Lobo Solitário - Vol. 03


LOBO SOLITÁRIO - VOLUME 03
Scans by SabreWulf/Onomatopéia/Rapadura

Image and video hosting by TinyPic
Para baixar, clique aqui
Links Alternativos das 03 Ed. AQUI


Texto retirado do Skoob, escrito pelo usuário Sílvio:

Uma viagem impressionante ao Japão dos samurais

Um homem com as roupas quase em farrapos carregando seu filho em um carrinho percorre as estradas cobertas de neve durante o Japão do shogunato Tokugawa. Embora estejam cansados e com fome, em nenhum momento os dois deixam de mostrar em seus semblantes uma expressão ao mesmo tempo serena e decidida. Na cintura o homem carrega a inseparável "Dotanuki", espada que maneja com assustadora habilidade e o principal instrumento de sua profissão: assassino. Sua fama percorreu até as provínciais mais distantes, enchendo de pavor os senhores de terras, até se transformar na lenda do Lobo Solitário, o "assassino do carrinho de bebê".

Concebida por Kazuo Koike e Gozeki Kojima, a saga conta a história de Itto Ogami, ex-kogi kaishakunin (executor oficial do Shogun) que é injustamente acusado de uma suposta trama para derrubar seu soberano. Recusando a ordem de cometer o sepukku (suicídio ritual dos samurais) Ogami, junto com seu pequeno filho Daigoro, torna-se um assassino errante, um ronin (samurai sem mestre) buscando vingar a morte da esposa e restaurar a honra de sua família.

Koike o Kojima contam esta história ao longo de 28 volumes de forma magistral em todos os aspectos: a reconstituição da época, o código de honra dos samurais, a narrativa ágil, as histórias profundamente marcantes, a violência das lutas. Lobo Solitário é uma viagem no tempo, que nos remete ao Japão da época dos samurais.

Tanto que o mangá se tornou um clássico, gerando seis filmes, quatro peças de teatro, quatro discos e uma série de televisão (exibida no Brasil nos anos 80 pelo SBT). Também influenciou uma geração de desenhistas e escritores, entre eles Frank Miller, que reinventou a HQ norte-americana com "O Caveleiro das Trevas". "A trama de Kazuo Koike, aliada à narrativa visual impecável de Kojima, é uma das obras mais completas que conheço", elogia. "Babei como um idiota a primeira vez que peguei nas mãos um mangá do Lobo Solitário."

No Brasil, a publicação do mangá também se tornou uma saga em si. Começou em 1987 com a Cedibra (que traduziu a versão norte-americana da First Comics), passando pela Nova Sampa ao longo da década de 90. Nesse período, os fãs ardorosos tinham de se contentar com edições fragmentadas, sem periodicidade definida e qualquer sequência nas histórias. A questão só foi resolvida em 2004, quando a Panini relançou a série a partir da edição da Dark Horse. Eu particularmente vivenciei essa novela e tive de esperar quase 20 anos para conhecer o final da lenda do assassino do carrinho de bebê.


10 comentários:

Fernando disse...

Muito obrigado pelo mangá! De longe se tornou meu favorito, e graças ao trabalho de vocês.

Márcio Barcellos disse...

Muitíssimo obrigado pelo trabalho que vcs vem desenvolvendo na tradução dessa belíssima obra-prima. Quando eu comecei a frequentar o FARRA em meados de 2005, eu acabei me apaixonando por quadrinhos, literatura e cinema, e minha vida mudou muito desde então. Nesse meio tempo, dentre os muitos gibis, eu também acabei lendo o Musashi do Eiji Yoshikawa (um dos maiores épicos de todos os tempos) e fiquei fascinado pelo Japão Feudal. Nunca imaginei que iria me apaixonar por outra obra tão revolucionária e perfeita. O Lobo Solitário é, sem dúvidas, uma das melhores coisas que eu já li na minha vida. Perfeição a cada traço, a cada linha. Um verdadeiro casamento de arte e narrativa. Tenho acompanhado a trilha de sangue do Lobo Solitário e de seu filho Daigora através do Meifumadô com muito entusiasmo! Tudo graças ao trabalho de vcs. Hoje o meu maior sonho, além de poder ler essa saga do começo ao fim, é poder tê-la em minha estante, mas aparentemente, isso tá muito difícil. Então por favor, não parem as traduções! Eu agradeço muito o trabalho de vcs! De coração!

hugo hugos disse...

estou ansioso para o próximo número.

Sylvio de Alencar. disse...

Realmente..., o trabalho de vocês é fantástico.
Um trabalho bem feito, digno, realizado com competência.
Este blog sem duvida está entre os melhores dos melhores. Só posso parabenizá-los, e desejar vida longa à ele, e à vocês.

Abraços!

Filipe Rangel disse...

Parabéns por esse trabalho, só posso dizer uma coisa: FANTÁSTICO. Continuem assim

Jefferson Silva disse...

realmente incrivel essa obra, voces ainda estão lançando ela?

Lucas Silva disse...

cara eu estou sem palavras,sério estou muito grato de vc's estarem scanneando lobo solitário,por favor continuem =D

Sylvio de Alencar. disse...

Sendo um pouco cara de pau: seria pedir muito para que outros números pudessem ser escaneados?
Abraços.

Wellington Mendes disse...

Gratíssimo por sua grande generosidade, peço, como os colegas acima, que continue a nos trazer a felicidade de conhecer os outros volumes desta saga maravilhosa, a maior da história dos quadrinhos, sem dúvida. Muito grato, saúde e paz a você e aos seus.

Anônimo disse...

Ola vim pedir como os outros que continuem com o trabalho nas scans de lobo solitário, é uma obra prima e faz falta poder ler completa, só consegui ler alguns volumes antigos emprestados.