quarta-feira, 13 de novembro de 2013

Preacher - Volume 01



PREACHER: VOLUME 01 - A CAMINHO DO TEXAS
Scans 2.0 da Obra de Garth Ennis e Steve Dillon

Image and video hosting by TinyPic
Para baixar, clique aqui



Sinopse: Conheci Preacher por causa dos scans. O problema era que... ele não existia em scan. Explicando melhor: quando os scans começaram, claro, as pessoas queriam ver tudo que existia em papel, digitalizado, principalmente as HQs mais fodas, e Preacher era uma delas. Mas, eu só pensava, que diabos de gibi é esse? Eu nunca ouvira falar e eu nunca o vira em bancas. A explicação era que, na época, ele era editado pela péssima Brainstore que, além de ter uma qualidade terrível, ainda se achava a tal, distribuindo seu material apenas em Comic Shops. Mas, o problema todo não parava aí.

Preacher tinha uma história editorial, no Brasil, que começava a seguir os passos de Hellblazer, ou seja, não tinha editora certa, mudava de editora toda hora e, como essas editoras na verdade eram as mesmas, mudando apenas a razão social, virava uma zona só. Para se ter uma idéia da bagunça generalizada, Preacher começara em um editora, essa deixou de existir, e ele continuou na editora seguinte, mas... apesar de a história continuar, as revistas começaram a ser númeradas do 1 em diante, novamente. Uma filhadaputagem só.

No meio dessa bagunça toda entraram os scans, Mas, como escanear uma HQ que nunca era publicada até o fim? Eram 66 números e eles nunca eram publicados pois as editoras estavam sempre caindo ou perdendo os direitos sobre o selo Vertigo. A solução foi escanear o que havia sido publicado e procurar os scans americanos e traduzir e letreirar o que faltava. Foi assim que eu e JPVolley fizemos a maior parte do trabalho, completando Preacher em scan e dando aos leitores o final da história, bem antes das editoras brasileiras.

Com o tempo, o milagre aconteceu: Preacher foi editado em seus 66 números, em nove encadernados. Este é o primeiro deles, pois, como muitos e muitos scans, os de Preacher, feitos por nós, estão defasados, antiquados e, comparados aos scans de hoje, mal feitos.

Peço que não tentem me apressar, solicitando os outros volumes, pois nem mesmo os tenho todos ainda, e tenho muitas outras HQs sendo digitalizadas. Vamos vivendo um scan de cada vez. Quem tiver pressa é só ler os scans - defasados - que se encontram no Onomatopéia Digital. É uma boa oportunidade para quem não conhece, ler esta obra prima da blasfâmia, onde um pastor desviado, procura Deus na Terra, na companhia de um vampiro e de uma assassina de aluguel.



Image and video hosting by TinyPic
Scans antigos a esquerda e novos a direita



8 comentários:

JAVAL disse...

Muito agradecido.
javal

Franci23 disse...

Nossa, só tinha lido a primeira edição, valeu mesmo...

Hanzo San disse...

Amigo, estou fazendo uma compilação de encadernados dos X-Men, traduzindo e digitalizando material que tenho em ingles ou mesmo em portugues que ainda não encontrei na net. Achei algumas novidades no seu blog a respeito dos mutantes e gostaria de contar com sua compreensão para o caso de divulgar seus links em minhas postagens!
Fique à vontade para postar arquivos que porventura não tenha por aqui, de autoria dos x-meniacs, como X-MEN#4 RECOLORIDA, OS MAIORES CLASSICOS DOS X-MEN Volume 2 (ainda em fase de digitalização) e outros que estão por vir. Um grande Abraço!

Eudes Honorato disse...

Pode ficar a vontade. Sem problema.

Leandro disse...

Oi!tudo bem?Pow,acho seu blog mó bacana.Sempre postando material bom e com qualidade...se puder digitaliza o reino do amanhã?se puder,é claro.Obrigado,amigo o/

Carlos Assis disse...

Cara, valeu pelo scan. A qualidade ficou ótima! Estou aguardando a continuação... Vocês estão mandando muito bem!

Bruce Wayne. disse...

Sr. Eudes, estou aqui para agradecer. Li Preacher completo anos atrás através dos seus scans, até hoje tenho eles na minha coleção como um dos preferidos dos meus 90 GB de HQs. Apenas não baixo esse encadernado porque eu tenho planos para comprar ele em breve, mas com certo pé atrás, já que quase sempre admiro bem mais a pintura antiga do que a "nova". Piada Mortal mesmo deixou muito a desejar o modo como o Bolland coloriu...
Recentemente eu me alistei no Aquiles Grego como tradutor, e se hoje penso em passar adiante o que me fizeram com o mundo dos Scans, foi por pessoas como o sr.

Força e Honra.

liko to move disse...

viva aos scans , viva aos fodas ! os escaneadores , viva a esses caras !