sábado, 16 de março de 2013

Classics Illustrated #02: Hamlet


CLASSICS ILLUSTRATED #02: HAMLET
William Shakespeare e Tom Mandrake

Image and video hosting by TinyPic
Para baixar, clique aqui


A história básica de Hamlet, o príncipe desejoso de vingança da Dinamarca, antecede a peça de William Shakespeare en cerca de 400 anos. Shakespeare aparentemente baseou sua tragédia romântica numa versão da lenda escandinava que apareceu em Histoires Tragiques (1576), escrita por François de Belleforest, que, por sua vez, que, por sua vez, parece ter se apoiado na História Danica, de Saxo Grammaticus (por volta de 1200). Shakespeare pode também ter buscado inspiração em Ur-Hamlet (por volta de 1580), uma peça, talvez do popular dramaturgo Thomas Kyd, que não sobreviveu aos dias de hoje.

É impossível determinar exatamente quando Shakespeare completou Hamlet e quando a peça foi encenada pela primeira vez. Certos relatos escritos indicam que a priueira montagem ocorreu antes de 1602. Quando Hamlet foi montado pela companhia de Shakespeare, os Homens de Lord Chamberlain, ele já havia escrito mais de 20 peças de muito sucesso. Como suas outras obras para teatro, Hamlet foi escrito com um olho na bilheteria do Globe Theatre: o objetivo de Shakespeare eram casas cheias, não sucesso de crítica.

Testemunho de seu gênio é o fatop do autor ter alcançado ambas as coisas: Hamlet foi um sucesso desde sua estréia, continuando a emocionar platéias e leitores através dos anos. Esse trabalho é considerado por muitos mestres como a maior obra cênica de todos os tempos. Uma apaixonante história de vingança, Hamlet também é um exame profundo da complexidade do sofrimento e da indelével batalga entre o dever e a moralidade. Existem várias versões de Hamlet e esta adaptação é baseada no que se considera a versão definitiva, uma combinação de textos publicados em 1604 e 1623. (Fonte: a própria edição).


Um comentário:

John disse...

Mira..acho que frequento teu blog como que 02 anos...passo hoje para agradecer esses incríveis gibis, grafics e livros...gibis, a maioria que conheci ainda moleque e os outros no decorrer destes tempos...reencontro, revivo, enfim...muito obrigado!