segunda-feira, 22 de maio de 2017

Coleção Marvel Salvat: 1602

COLEÇÃO MARVEL SALVAT: 1602
Digitalização e Tratamento: Renato Ptl/HORDA Comics

PARA BAIXAR, CLIQUE AQUI

"Quando foi anunciado que Neil Gaiman escreveria uma minissérie para a Marvel, os fãs ficaram malucos tentando adivinhar em que ele trabalharia. Se você já conhece a obra de Neil Gaiman, sabe que seus romances e quadrinhos são, com frequência, uma bela mistura de contos de fadas e mitologia, combinados a personagens enigmáticos pós-modernos, tudo somado a uma influência decididamente gótica.

Graças a isso, muitos imaginaram que ele se voltaria para os personagens sobrenaturais da Marvel - Doutor Estranho, Motoqueiro Fantasma e similares. Outros, porém, defenderam que um dos primeiros trabalhos do autor nos quadrinhos foi o revolucionário Miracleman, portanto, não era de todo infactível que super-heróis mais tradicionais estivessem na sua mira. 

Em vez disso, ele criou uma série mirabolante que ninguém poderia ter imaginado, mesmo em seus sonhos mais febris - uma narrativa singular que só poderia ter saído da mente fértil de Neil Gaiman: 1602.  A premissa parece bizarra, para dizer o mínimo. Reinventar o Universo Marvel e seus principais protagonistas como se tivessem existido na Inglaterra elisabetana. 

Quem sabe o que a redação da Marvel pensou quando leu a proposta pela primeira vez. Por sorte, o editor-chefe, Joe Quesada, teve o bom senso de confiar nos instintos do escritor e deixá-lo tocar a ideia. E, claro, o projeto foi um grande sucesso. 

Mas, afinal, por que não seria? Gaiman é um grande autor, que parece possuir uma compreensão inata sobre o fluxo da linguagem. Há uma poesia natural na maneira como escreve, o que torna cada sentença um deleite de ser lido. De forma similar, a arte de Andy Kubert que usa a mesma técnica de 'lápis potencializado', vista pela primeira vez em Origem, está além de comparações, sendo que cada página, cada quadro, se torna um banquete para os olhos. 

Como o próprio Gaiman afirma em uma entrevista no final deste volume, uma de suas intenções com 1602 era recapturar o senso de maravilha que havia no início da Marvel Comics. Uma tarefa que ele alcançou sem vacilar e, ao fazê-lo, criou uma série imortal da Marvel. 

Todas as coisas mudam e nós mudamos com elas."




Yu Yu Hakusho - Vol. 02

YU YU HAKUSHO - VOLUME 12
Digitalização e Tratamento: Renato Ptl/HORDA Scans

PARA BAIXAR, CLIQUE AQUI

E de repente, tudo que aconteceu no último volume foi uma grande farsa, arquitada para que Urameshi, Kuwabara, Hiei e Kurama fossem obrigados a participar do Torneio das Trevas. 

Apesar de o torneio ser apenas entre os demoníacos Youkais,, Kuwabara e Yusuke são os ínicos humanos convidados a participar deste torneio. Mesmo assim, cada equipe precisa ter cinco integrantes, o que faz com que Yusuke apareça com um baixinho misterioso. 

Aliás, Urameshi precisou voltar ao treinamento, pois ficou sabendo que o poder que tinha naquele momento não seria suficiente para derrotar seu sinistro rival no torneio. Agora é tudo ou nada. 


domingo, 21 de maio de 2017

Eu Odeio o Mundo das Fadas#01 a #11

EU ODEIO O MUNDO DAS FADAS #01 a #11
Tradução e Letras: Antiprachedes/Gibiscuits
(Em andamento)



PARA BAIXAR, CLIQUE AQUI

Esqueça o Justiceiro, Lobo ou mesmo Lula e Bolsonaro. A pessoa mais perigosa do mundo é uma menina chamada Gertrude. Por sorte ela está confinada ao mundo das fadas... pelo menos até que ela consiga achar a chave que a traga de volta para nosso mundo.

Um dia qualuer, Gertrudes brincava feliz e fez um retórico pedido inocente: queria ser levada a um mundo fantástico cheio de magia e alegria. Para seu azar, seu pedido se realizou imeadiatamente e ela foi parar no Mundo das Fadas. A Rainha da Terra das Fadas, Cloudia, deu-lhe um gua - Larry - e um mapa, para que ela encontrasse a chave mágica. Já se passaram 27 anos.

Agora uma adulta presa em um corpo de criança, arrastada de um lado para o outro em um mundo do qual ela é prisioneira, pode se imaginar o quão amarga e violenta Gert se tornou. Agora, a doce rainha das fadas, Cloudia, só pensa em uma coisa, sae livrar de Gert, mas, segundo as regras do mundo das fadas, ela não pode matar alguém que foi convidado à sua terra. Mas, nada impede que ela contrate alguém.

Scottie Young cria a fábula mais absurda de todos os tempos, que crianças terão pesadelos se ao menos pensarem em chegar perto. Divirtam-se ou morram.


sexta-feira, 19 de maio de 2017

As Águias de Roma 01 a 04

AS ÁGUIAS DE ROMA - LIVROS I a IV
Tradução e Letras: Ndragheta & Deck'Arte
(Em andamento)


PARA ABRIR, CLIQUE AQUI

Antes de mais nada, só para lembrar: todas as HQ postadas em "Scans Que Eu Li", são de outros blogs, sites e fóruns, então, se elas estiverem em andamento e você quiser mais da mesma, precisa ir ao lugar original onde ela foi feita, pois eu não fico marcando junto quando saem as próximas e elas podem chegar aqui até mesmo anos depois de já terem saído nos grupos de tradução em que foram feitas. Também pediria que ninguém vá neses lugares para apressar o trabalho de ninguém, cobrando algo que é feito por diversão e não como trabalho. 

Outro ponto é que não vou colocar todas as HQs feitas por estes grupos de tradução, é impossível. Algumas eu até mesmo baixei, li e não gostei, e não postei aqui. Mas, você poderia gostar e elas estão lá, entre várias outras, assim se quer saber mais, visite os sites que são mencionados nos créditos, se assim desejar. O Ndragheta & Deck'Arte, de onde este veio, é especializado nas HQs européias, as band desinées. Provavelmente o único neste estilo, por aqui. Assim sendo, amplie seus horizontes. Dito isto...

As Águias de Roma é mais uma dessas pérolas que li logo depois de Era Uma Vez na França. Escrita e ilustrada por Enrico Martini, ela discorre sobre dois jovens bem diferentes um do outro: um deles é Marcus, filho de um leal oficial do imperaqdor Augustus, Titus Valerius Falcus. O outro é Ermanamer, filho do príncipe de uma tribo germânica, Sigmar, que é dado como refém aos romanos. 

Depois de uma inicial antipatia, os dois acabam se tornando irmãos de sangue, quando são treinados para se tornarem soldados romanos. Ermanamer ganhou cidadania romana dada diretamente por Augustus. 

A amizade entre os dois cresce conforme os dois crescem e se tornam homens. Mas, o que acontecerá quando o amor de uma muher se interpor entre eles? Mesmo sem se tratar de um triângulo amoroso, tal paixão que Marcus nutre por Priscilla pode destruir essa amizade e pode destruir Marcus. 

Mas, as coisas se tornam muito mais instàveis entre os dois quando são enviados para lutar na Germânia, terra natal do agora romano, Ermanamer. 

quarta-feira, 17 de maio de 2017

Era Uma Vez na França

ERA UMA VEZ NA FRANÇA - 06 VOLUMES
Traução e Letras: Ndrangheta & DecK'Arte

 

 
PARA BAIXAR, CLIQUE AQUI

Ler a  história de Joseph Joanovici é como ler O Poderoso Chefão se passando na França, só que muito melhor. A HQ mistura ficção e realidade para contar a história do judeu romeno que vai para a França e monta um império bilionário apenas vendendo ferro velho. Porém, Joanovici dá o azar de que esse império seja criado justamente quando Hitler está decidido a dominar o mundo, incluindo a França. 


Primeiramente o empresário pensa em fugir, assim que a França está em vias de ser ocupada, porém, ele vê ali uma oportunide de negócios. Muito lhe ajuda nisso a sua secretária Lucie Bernard, que se torna sua amante, fazendo com que sua esposa e filhas criem resssentimento contra Joseph, mesmo que não sejam abandoanadas pelo mesmo. 

Assim que coemça a fazer negócios com os nazistas, Joanovici sabe que se os alemães perderem a guerra, ele será tratado como o colaboracionista que está sendo, assim pensa no futuro e começa a apoiar a resistência de forma prática, usando seus contatos dentro do mundo nazista para libertar prisioneiros, conseguir armas e tudo mais. 

Andando sempre no limite entre os dois lados, Joanovici acaba sempre estando na mira dos dois. Quando acaba a Guerra, um juiz está decidido a provar que o homem não é um herói como todos pensam, mas um criminoso queprecisa ser julgado e morto. Mas, isso pode destruir não apenas a Joanovici, mas a quem estiver em seu encalço também. 

A história de Joseph Joanovici mostra o quanto o mundo não é preto e branco, mas cheio de áreas cinzentas, algumas mais claras, outras bem mais escuras e assustadoras. 

Uma HQ magistral, que li toda de uma tacada só graças ao texto de Fabien Nury e a arte de Silvain Vallée. 

terça-feira, 16 de maio de 2017

Coleção Marvel Salvat: O Nascimento de Venom

COLEÇÃO MARVEL SALVAT: O NASCIMENTO DE VENOM
Digitalização: Renato Ptl/Tratamento: Outsider Z/HORDA Scans

PARA BAIXAR, CLIQUE AQUI

"Durante anos, os fãs consideraram o Duende Verde como arqui-inimigo do Homem-Aranha, mas em 1998 um novo e mais mortífero vilão surgiu para conquistar o público: uma criatura sádica conhecida apenas como Venom. Aspirando vingança e obcecado por matar por matar o Escalador de Paredes, ele foi um sucesso imediato entre os leitores.

Você há de perdoar se esse for um ligeiramente condensado sobre o nascimento do vilão. Incluímos as principais tramas e reviravoltas de sua origem, pois, na verdade, precisaríamos de um livro dez vezes maior para contar a saga inteira. 

Da primeira aparição do uniforme negro na Terra, em Amazing Spider-Man No. 252, até a revelação de Venom na edição 300, foram mais de 50 volumes. Um épico em evolução, concebido por vários escritores, criado de forma orgânica sobre as pegadas que outros foram deixando para trás e que, enfim, levou ao surgimento de um monstruoso inimigo, diferente de tudo que o Aranha já tinha enfrentado. 

Também vale dizer que, em meio a toda essa tensão, temos um dos momentos mais comoventes do Homem-Aranha já criados, quando Mary Jane revela a Peter detalhes íntimos do seu passado. Não é nada fácil para o escritor pula de histórias fantásticas sobre alienígenas parasitas  e uma guerra entre gangues superpoderosas para um episódio brando  sobre jovens amantes reconciliando suas difrenças sem parecer brega ou tremendamente deslocado. Poucos personagens conseguiram dar conta de uma guinada tão súbita."




Hellblazer: A Horrorista

HELLBLAZER APRESENTA: A HORRORISTA
Transcrição e Letras: Ousider Z/HORDA Comics
Diagramação da Capa: Alan Bishop

PARA BAIXAR, CLIQUE AQUI

Hellblazer sofre de uma maldição ingrata aqui no Brasil: por mais que se tente, publicar tudo do personagem parece ser impossível. Vejam o caso de A Horrorista. Ela era para ter saído nos encadernados da fase Jamie Delano, que foi onde eu encontrei os scans, embutida em um desses encadernados. 

A Horrorista só foi publicada aqui uma única vez pela Editora Tudo em Quadrinhos, num papel de fazer chorar de tão ruim. A digitalização feita a partir dessa edição não ficou boa, nem mesmo para a época em que os scans estavam ainda começando por aqui, no RA. Por todo esse tempo, foi a única cópia digital disponível em português. Até agora.

Usando como base o scan antigo - que teve aqui sua utilidade - eu transcrevi o texto da tradução feita pelo Tudo em Quadrinhos - como algumas poucas alterações de revisão - e letreirei o scan que retirei da digitalização do encadernado americano. Assim temos um novo scan de A Horrorista.

A história é sobre uma garota africana, uma aparição, que está rondando uma cidade dos EUA, causando grande terror. Cosntantine se depara com a foto da mesma em um outdoor e passa a ficar obcecado pela imagem, indo até mesmo procurar o fotógrafo que a fez. 

Acaba descobrindo que a garota foi adotada na África, por um casal de cristãos dos EUA, para onde a levaram. Constantine vai em seu encalço. Investigando cada vez mais, ele percebe que as coisas são bem mais complicadas do que ele imaginava. Ele está sendo atraído a ela, só não sabe o motivo... ainda. 


Scans antigo e scan novo

domingo, 14 de maio de 2017

Crônicas Birmanesas

CRÔNICAS BIRMANESAS - GUY DELISLE
Tradução e Letras: A Man Without a Name

PARA BAIXAR, CLIQUE AQUI

Desde que comecei a compartilhar scans também fui agraciado pelo compartilhamento. Afinal, até então meu mundo quadrinhístico girava em torno de super-heróis e outros quadrinhos mais conhecidos ou, como se diz na linguagem modinha, mainstream

Quando eu passei a receber scans de colaboradores para postar aqui no blog, lá no começo, eu passei a conhecer outros quadrinhos que, de outra foprma, provavelmente eu continuaria a ignorar. Muito disso se devia ao local onde eu fui criado, onde simplesmente não havia livrarias. 

O fato é que, graças aos scans tive contato direto com Will Eisner, Robert Crumb, Moebius, e tantos outros. Passado tanto tempo, isso ainda acontece. Como aqui, no caso de Guy Delisle que, confesso (eu me confesso bastante, eu sei), só vim a dar atenção quando recebi - via Facebook - a contribuição da edição Shenzhen. 

Atualmente tento ler quase tudo que recebo -ou baixo - para poder fazer um post com um mínimo de informação sobre a HQ e, ao ler Shenzhen, vi que meu preconceito com HQs mais alternativas, ainda atrapalham a ampliação dos meus horizontes. 

Sempre vi estas HQs em livraria e, mesmo quando as folheava, era algo meio mecânico, apenas por hábito. Não dava atenção de verdade. Posso dizer que deu-se o mesmo com Dragonball, que recebo de nosso amigo Renato. Nunca tinha parado para ler e, quando fui fazer isso para postar, me tornei fã imediatamente. Ao menos dessa primeira fase, que parece ser a mais bem humorada. 

No fim das contas, eu não apenas compartilho, mas ganho muito, também. 

Crônicas Birmanesas é o terceiro volume das viagens de Delisle, agora casado e com filho. Sua esposa trabalha como voluntário para o Médicos Sem Fronteiras e, por conta disso, os três vão para a Birmânia (ou Myanmar), que precisa de muita ajuda humanitária, sendo outra ditadura que Delisle visita.

Apesar de continuar com sua característica prosa bem humorada e ao mesmo tempo mostrando a realidade dessas ditaduras, acho que Crônicas Birmanesas é ainda mais interessante por mostrar como trabalçha o Médicos Sem Fronteiras, com suas dificuldades e conquistas. 

Quanto a mim, me sinto devidamente ensinado, mais uma vez, ao perceber que, novamente, que estamos sempre em uma viagem constante, onde podemos sempre encontrar um novo ponto de vista. 



sábado, 13 de maio de 2017

Rocketeer: As Histórias Completas

ROCKETEER: AS AVENTURAS COMPLETAS - DAVE STEVENS
Digitalização e Tratamento: Outsider Z/HORDA Comics

PARA BAIXAR, CLIQUE AQUI

Depois de longos agora posso saber o que aconteceu a Cliff Secord quando ele entrou em seu avião para ir atrás de sua amada Betty, que havia ido para Nova York sem avisar. 

A edição traz a já clássica aventura publicada na série de Graphic Novels da Editora Abril, lá na década de 80, e que eletrizou uma geração, que logo teria o prazer de ver o hrói na tela grande, no filme produzido pelos Estúdios Disney e dirigido por Joe Johnston, o mesmo que daria início a franquia do Capitão América, na Marvel Studios.

Cliff chega a Nova York e, claro, encontra sua namorada. Mas, encontra muito mais. Ele acaba por esbarrar com seu passado, quando trabalhava com uma trupe de circo e esteve presente e foi o pivô de uma grande tragédia que volta para assombrá-lo. Pessoas estão sendo mortas e um misterioso homem precisa da ajuda de Cliff, já que parece estar tudo inteligado. 

Mais uma vez o homem voador cruza os céus com seu foguete que caiu em seu colo, graças aos nazistas. 

Dave Stevens criou um super-herói que parecia ter sempre existido, desde a década de 30, e nós é que nunca o conhecemos até que ele retonou às bancas na década de 80. Sim, eu achava isso na época. 

Uma pena o autor ter nos deixado tão cedo. Com certeza ainda havia muito para se contar. 



quinta-feira, 11 de maio de 2017

Shangri-Lá

SHANGRI-LÁ - MATHIEU BABLET
Tradução e Letras by Gibiscuits

PARA BAIXAR, CLIQUE AQUI

Comecei a ler essa HQ sem muita expectativa. Até mesmo parei no começo e fui ler outras coisas.  Depois que voltei, não parei mais e minha conclusão acabou sendo: Essa obra é o Akira do século XXI. Exagero? Será? Porra, leia e saiba. Menos se você um modinha anti-tudo, aí é melhor nem ler. 

O começo não me pareceu promissor: um cara ilhado em umk mundo distante que está prestes a ver uma estrela entrar em colapso. Um milhão de anos depois... o mesmo cara está em uma estação espacial chamada Tianzhu. Na verdade A estação espacial. 

Tianzhu é uma mega-corporação que possui uma estação espacial gigantesca, onde habitam os últimos sobreviventes do planeta Terra, agora totalmente inabitável. 

Scott é o nosso cara. Ele trabalha para a Tianzhu, como todo mundo trabalha. Mas, ele gosta, ao contrário de outros, que começam a se rebelar. Os empresários da Tianzhu mantém o povo sob controle usaqndo o cosumismo exacerbado. Lançam novos produtos a cada seis meses, sejam celulares, tablets ou qualquer outra coisa que mantenha a população controlada. Nada acontece sem que a Tianzhu saiba. Nada. Nem mesmo as conspirações. 

Scott é enviado para verioficar problemas em outras estações menores e, geralmente, as encontra desabitadas ou em estado lamentável. O que a Tianzhu manda ele fazer é livrar-se delas, sem fazer perguntas. Os amigos de Scott, Tara, Aisha e Virgil - que é seu irmão - não concordam com isso. Na verdade, eles pensam em se rebelar. Scott não vai segui-los. 

Há ainda os animóides, seres criados a partir de animais como cães, gatos (que há poucos, o que é explicado), raposas e etc. A relação deles com os humanos é complicada e uma analogia ao racismo dos nossos dias. 

Shangri-Lá é um caldo de referências  ao que vivemos hoje em dia: Preconceito, consumismo, conformismo, anarquismo, e outros ismos. Conforme vamos nos aprofundando mais e mais nas suas 220 páginas, vamos nos questionando - por meio de Scott - sobre nosso papel na sociedade. E as respostas não são simples, nem para um lado, nem para o outro. 

Na verdade Shangri-Lá  deixa filmes como Interestelar no chinelo, se esquipara a 2001 - Uma Odisséia no Espaço e. com eu disse, é um Akira dos dias de hoje. Não é pouco. 

Obrigado pela graça alcançada Gibiscuits.



Spaceman

SPACEMAN - 09 EDIÇÕES
Tradução e Letras: Renegados



PARA BAIXAR, CLIQUE AQUI

Azzarello e Risso estão de volta nesta minissérie simplesmente sem igual.  Orson é um homem de aspecto simiesco vive de se drogar e de sexo virtual. Muitos não sabem, mas ele é um "spaceman", um dos homens criados pela NASA para explorar Marte. Ele e seus "irmãos" foram realmente para Marte. Orson deveria ser uma celebrida, não? 

A vida fracassada de Orson está para mudar. Tara é uma menina dentre várias crianças que participam de um reality show muito famoso. As crianças competem entre si para ver quem será adotada por um casal de atores famosos. Uma referência a Brad Pitt e Angelina Jolie? Quem sabe. 

O problem a é que Tara foi sequestrada. Será que foi para aumentar a audiência do programa? Será que é um sequestro real? O fato é que Orson tem a infeliz sorte de dar de cara com o sequestrador e sua vítima. O mesmo morre e agora Tara - de quem Olson é fã e votou nela - agora está sob seus cuidados. 

Deveria acabr aí, não? Mas, é apenas o começo. Todos estão atrás de Tara. O  contratante do sequestrador, a polícia, mais sequestraqdores, os produtores do show A Arca. E Orson, será que vai parar de sonhar com seus dias de glória em Marte e vai agir?

segunda-feira, 8 de maio de 2017

Imperatriz #01 a #07

IMPERATRIZ #01 a #07 - VOLUME 01
Tradução e Letras: Renegados



PARA BAIXAR, CLIQUE AQUI

Mark Millar tem escrito os melhores quadrinhos de aventura e ficção-científica: Kick-Ass, Chrononauts, Superior, Círculo de Júpiter e tantos outros. Nada de sagas intermináveis, títulos eternos, ressurreições ad infinitum. Apenas boas histórias para se desligar o cérebro por alguns minutos. Imperatriz é mais um desses. 

Se passa na Terra, há 65 milhões de anos atrás e fala sobre os primeiros habitantes de nosso planeta. Não, não dos homens das cavernas, que nem existiam ainda, mas de seres mais terríveis: os humanos. 

O Rei Morax é um tirano assustador que, com sua ira genocida, pôs ordem no planeta. Nada é sagrado para ele. Ele não guarda nenhum sentimento de empatia por ninguém. E agora, sua rainha Emporia está fugindo desse louco com seus três filhos, com a ajuda de seu guarda-costas, Dane. 

Eles precisam cruzar a galáxia para encontrar refúgio em um planeta onde Morax nunca conseguirá encontrá-los, mas, para isso, precisam encontrar a ajuda de um homem que tem um teleportador, para pularem de planeta em planeta até chegarem a uma galáxia muito, muito distante. 

Se fosse filmado pelas pessoas certas, este poderia ser um novo Guerra nas Estrelas.